Em tempos de recobro e relação social limitada, o nosso trabalho com Personal Trainers vive tempos de reinvenção!

É possível que os rendimentos baixem mas só dependerá de nós para encontrar SOLUÇÕES viáveis para o trabalho não perder qualidade. Além do mais, há que garantir que essas soluções irão de encontro às necessidades de cada cliente.

Antes disso…

ONDE ESTÃO OS CLIENTES QUE JÁ EXISTIAM?

Nesta fase de “alarme” existe uma base de dados importante: os clientes atuais!

Os clientes presenciais já nos conhecem e confiam no nosso trabalho. Não existe necessidade de um processo de venda!

Há que manter o foco num bom atendimento ao cliente! Se conseguires RETER mais a tua necessidade vender será menor!

 

Posto isto, aqui estão 4 formas de aumentar a taxa de retenção nesta fase e ter maior sucesso num futuro próximo:

  1. Fazer transição para formato online

Explica de forma clara o que irás fazer e como vai ser a transição. Em nenhuma altura deverás deixar dúvidas sobre o teu acompanhamento.

Será importante o cliente perceber exactamente aquilo que vai ser feito e o formato do serviço.

Sim, perderás a parte quinestésica do treino mas pensando bem… Qual a percentagem de vezes que tocas efetivamente no teu cliente? 100% do treino? Claramente que não.

É perfeitamente possível explicar um treino eficaz e seguro com monitorização à distância.

Existem aplicações como WhatsAPP, ZOOM, Facebook ou Twitch que permitem chamadas em direto.

Quanto terminar esta fase o processo continua normalmente e não existiram interrupções.

  1. Mantém contacto regular!

Um erro crasso de um processo de retenção é deixar de comunicar com os clientes atuais.

Mesmo que não queiram continuar o processo online, garante a tua disponibilidade total para ajudar!

A nossa atenção deverá ser genuína, lidando com sensibilidade com cada um dos clientes.

Em complemento, podes também enviar um planeamento para seguirem de forma autónoma, gerar desafios, grupos de treino…

Outra forma de manter a chama acesa é enviando conteúdo útil,  artigos e/ou noticias que possam ajudar nesta fase.

  1. Oferece a experiência de um treino online.

É provável que exista uma certa resistência seja por motivos financeiros (algumas pessoas tiveram cortes nos seus orçamentos) ou por não conhecer o serviço de treino online.

Da mesma maneira que presencialmente pode ser interessante dar a experiência de treino, para facilitar o fecho, aqui o processo é semelhante.

Existem crenças limitadoras que tens de desfazer e investir o teu tempo nessa sessão.

  1. Junta os pares!

Sabe-se que se existir maior ligação afetiva e relação entre outros clientes/praticantes, a ligação será mais duradoura.

Se tiveres clientes que têm afetividade e são colegas,amigos ou familiares, pode ser uma boa solução junta-los numa sessão online.

O teu cliente está com a mulher em casa? Junta-os na mesma sessão! No futuro ela pode querer treinar contigo presencialmente também.

Ao utilizares esta estratégia estás a acrescentar valor a tua sessão e a criar novas ligações emocionais.

Em tempos de maior aperto monetário juntar dois clientes também pode ser uma boa solução para não perderes nenhum deles e reduzires o encargo por sessão que cada um tem.

Lembra-te: em tempos de crise não podes ser um percursor de negatividade! Se fizeres mais do que aquilo que o teu cliente espera, ele fica ou regressará sem objeções aos treinos presenciais.

“Não uses a tua energia para preocupações, usa para coisas novas!”

 


Pedro Pinto
Pedro Pinto

Personal Trainer Licenciado em Ciências do Desporto Mestre em Exercício e Saúde Pós-Graduado em Treino Terapêutico